Revista Brasileira de Inteligência https://rbi.enap.gov.br/index.php/RBI <!-- Global site tag (gtag.js) - Google Analytics --> <p>A Revista Brasileira de Inteligência (RBI) é uma publicação anual da Escola de Inteligência (Esint) da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN). A revista busca estimular o estudo, o debate e a reflexão acerca de temas da atualidade relacionados com a atividade e a disciplina de Inteligência.</p> <p>&nbsp;</p> Gráfica - Abin pt-BR Revista Brasileira de Inteligência 1809-2632 EPISTEMOLOGIA E GNOSEOLOGIA DE INTELIGÊNCIA https://rbi.enap.gov.br/index.php/RBI/article/view/177 <p>Analisa aspectos relacionados com as teorias do conhecimento (epistemologia) e do aprendizado<br>(gnoseologia), em seus contextos geral e particular, ao passar pelas considerações e abordagens<br>dos pensadores antigos, principalmente, Sócrates, Platão e Aristóteles, com o propósito de ampliar<br>o entendimento da natureza, das fontes, dos fundamentos, da validade e dos limites daquilo que se<br>pode conhecer, e os incorpora ao escopo de atuação dos profissionais de Inteligência, principalmente<br>para os envolvidos nas atividades inerentes à função de análise. Questiona a reivindicação do<br>conceito de “ciência” por diversos ramos do conhecimento e discute a possibilidade da existência<br>de uma “metodologia científica” ou da natureza “científica” de ramos do conhecimento que não se<br>concentram sobre a natureza, especificamente sobre a função e a importância do conhecimento de<br>Inteligência, bem como o “ciclo” ou o caminho para a produção e as fontes admissíveis, que, desde<br>a modernidade, inclinam-se quase exclusivamente para o conhecimento que possa ser obtido pelo<br>método cartesiano. Relaciona e incorpora, ao processo de produção de conhecimento empregado na<br>atividade de Inteligência, os elementos da epistemologia e da gnoseologia, e propõe uma abordagem<br>mais ampla e inclusiva das características do senso comum, do pensamento tradicional e mesmo do<br>sensitivo à produção de conhecimento da Inteligência, de forma a se apropriar de todas as formas<br>possíveis de interação com a verdade, ou seja, com a melhor informação que se possa obter no<br>tempo e com os recursos disponíveis.</p> Henrique Geaquinto Herkenhoff Rogério Bubach Copyright (c) 2021 Revista Brasileira de Inteligência 2021-09-16 2021-09-16 15 1 16