COMÉRCIO INTERNACIONAL E INTELIGÊNCIA DE ESTADO: Identificando ameaças e oportunidades

Resumo

O artigo propõe reflexão sobre os agravantes do comércio internacional e as ameaças que podem derivar desta atividade, quais sejam: “agroterrorismo”, “guerras comerciais”, distúrbios econômicos, impactos das transnacionais, gargalos logísticos, riscos à saúde humana, entre outros. Em paralelo, avalia-se também as oportunidades que o conhecimento produzido pela Inteligência pode gerar ao comércio exterior brasileiro. Contudo, para que o leitor se situe no contexto internacional de negócios, é apresentada uma breve introdução à Política Comercial Externa e à sua institucionalização. Ademais, cada uma das oportunidades ou ameaças analisadas neste estudo, embora já sejam comumente abordadas pela comunidade internacional, são fundamentadas, primariamente, nas diretrizes da Política Nacional de Inteligência (PNI, 2016).

Publicado
2016-12-01
Como Citar
SCUIRA, L. L. COMÉRCIO INTERNACIONAL E INTELIGÊNCIA DE ESTADO: Identificando ameaças e oportunidades. Revista Brasileira de Inteligência, n. 11, p. 67-78, 1 dez. 2016.